Uma RSCM Faz 100 Anos

Posted Junho 30, 2020

Com máscaras, distanciamento social e verificações de temperatura, e apesar do risco de tempestades, as irmãs do convento de Marymount, em Tarrytown, Nova Iorque, fizeram uma festa para a Ir. Canice Walsh no seus 100 anos. Presidiu à Eucaristia o Padre Andrew King, mestre de cerimónias na Catedral de St. Patrick, que foi aluno da Irmã Canice, na primária. A missa foi seguida de almoço e como sobremesa um bolo representando a amada região da Ir. Canice na Irlanda. Os brindes incluíram uma bênção especial de aniversário, uma música comemorando a vida da Ir. Canice e, claro, “Feliz Aniversário”, após o qual a Ir. Canice agradeceu a todos que prepararam esta celebração.
A Ir. Canice nasceu em Inistioge, Co. Kilkenny, Irlanda, e ingressou nas Religiosas do Sagrado Coração de Maria em 1946. Ela só se aposentou completamente em 2013, aos 93 anos, quando a caminhada se tornou mais difícil. O seu ministério nas escolas primárias e secundárias levaram-na a várias áreas da cidade de Nova Iorque e Long Island, Colúmbia Britânica, Canadá, Richmond, Virginia e Roma, Itália. Através do serviço adicional numa variedade de acampamentos de verão e a participação em oficinas de verão, a Ir. Canice conseguiu visitar todos os estados dos EUA, exceto o Havai. A Ir. Canice fala com carinho e profundidade de todas essas experiências, comentando especialmente a riqueza da diversidade entre o povo de Deus que ela encontrou e com quem aprendeu muito. Num artigo de um jornal diocesano recente, a Ir. Canice é citada como tendo dito: “Aprende-se não com o que as pessoas dizem, mas com o que se vê o tempo todo”. (https://thetablet.org/ahead-of-100th-birthday-marymount-nun-remembers-lessons-learned-in-love-diversity/#.XvO4xRZyeho.email)
Toda a gente que conhece a Ir. Canice também sabe que continua incrivelmente bem informada, principalmente sobre política e eventos mundiais. Acompanha diariamente o ‘New York Times’ e outras fontes de notícias e comentários. Uma conversa com ela é sempre inspiradora, espirituosa/vivaz e provocadora.
A Ir. Canice continua a ser foi um presente/um dom incrível para as RSCM e para as muitas centenas de jovens a quem serviu todos esses anos, realizando a nossa missão “para que todos tenham vida”. Estamos cheias de gratidão! Ad multos annos!

Avançar

Abril 26, 2021

Ir. Rosa Peixoto, rscm, reflete sobre a palavra AVANÇAR Supõe: coragem, determinação, confiança e liberdade Avançar nem sempre é fácil,…

Veja Mais

A RESSURREIÇÃO

Abril 9, 2021

GRUPO HERANÇA E ESPIRITUALIDADE Beatrice Magaya, RSHM A ressurreição tem tudo a ver com Deus nos mostrando o significado do…

Veja Mais