Nossa Missão

Periodicamente, fazemos declarações que expressam a nossa missão para o contexto no qual vivemos, e além disso articulam “quem somos”:

DECLARAÇÃO DA MISSÃO (1990)

dsc_0680Nós, Religiosas do Sagrado Coração de Maria, um Instituto religioso apostólico internacional, somos chamadas a partilhar a missão geradora de vida de Jesus Cristo.

O desafio do Evangelho e o espírito de fé e zelo que marcaram os nossos fundadores, Jean Gailhac e Mère St Jean, e as nossas irmãs fundadoras, impulsionam-nos a responder às necessidades do nosso tempo e a trabalhar com outros numa acção efectiva pela justiça evangélica. Enviadas a promover a vida e dignidade de todos os nossos irmãos e irmãs, neste momento colocamo-nos a nós mesmas e aos nossos recursos ao serviço daqueles que têm mais necessidade de justiça, tornando os fracos, os mais necessitados, os marginalizados, os sem voz, capazes de trabalharem efectivamente pelo seu próprio desenvolvimento e libertação.

Somos chamadas a ser comunidade, a conhecer e celebrar o amor de Deus por nós e a tornar esse amor conhecido por outros. Ao inserir-nos mais profundamente nas realidades da Igreja e do mundo, usamos os nossos talentos individuais e como corpo para trabalhar, de maneira criativa, nos diversos ministérios para a promoção da justiça.

Maria é o nosso modelo, ao procurarmos estar abertas ao Espírito, centrar as nossas vidas em Jesus Cristo, ser mulheres de oração e compassivas e dar testemunho autêntico e alegre dos valores evangélicos, onde quer que estejamos.

 

CHAMADAS A SER COMUNIDADE (1999), EXCERTO:

dsc_0517Como RSCM, ao sermos chamadas a ser comunidade, centramos as nossas vidas em Jesus Cristo…
Procuramos a Deus na oração pessoal e comunitária e, em conjunto, escutamos atentamente e com um coração compassivo as moções do Espírito de Deus presente na Palavra, em cada pessoa, na comunidade , na Igreja, e no mundo……
Reconhecemos e celebramos os dons umas das outras e acolhemos a riqueza da diversidade. E, ao mesmo tempo, favorecemos e construímos a unidade.

Ao acreditar na inter-relação de todas as coisas, comprometemo-nos na interdependência de umas com as outras em comunidade, com o Instituto, com todo o povo de Deus e com a criação inteira – para que todos tenham vida, hoje e no futuro. Em solidariedade com os pobres, os que sofrem, os excluídos, assumimos o nosso papel profético na Igreja e no mundo. Como comunidade, desejamos viver uma vida simples, actuar com justiça, utilizar e partilhar os nossos recursos de modo responsável, o que contradiz as relações de injustiça do nosso mundo.

A NOSSA VISAO (2013): EXCERTO

mexicoministry131029O Espírito move-nos
a escutar, a partir das bases,
e a aprender com as vozes silenciadas,
a alargar o coração
aos nossos irmãos e irmãs marginalizados,
especialmente mulheres e crianças,
enquanto caminhamos
com todos os que partilham a mesma visão
e se comprometem com a nossa terra e o seu povo.