Abramos o nosso horizonte para sentir o infinito

Posted Abril 6, 2021

Casa Mãe
Por Irmã  Bernadette McNamara RSCM

Há um ano que os jornais e os meios tecnológicos nos falam com um horizonte muito limitado, como nos dias de nevoeiro. Muita gente fala de falta de significado. No entanto, tanto adultos como crianças carregam dentro de si a procura do que está à frente … ler a página seguinte de um livro, subir a colina para ver o outro lado, seguir os ventos da estrada para ver mais longe . Isto é mais ou menos o que fazemos para o sentido da vida. Para onde vamos ? Como será o amanhã ? e depois ?

O Evangelho desta epoca liturgica dá-nos um amplo horizonte, abrindo-nos à Vida em plenitude desde os nossos dias actuais. A Palavra da boa nova funciona em nós, mas como podemos ouvir o inaudito desta Palavra na nossa intimidade? Ela convida-nos a olhar mais longe, a sair de nós próprios enquanto celebramos a ressurreição da morte de Jesus e de nós próprios, como nos diz São Paulo.Ef.2.  A nossa Fé orienta-nos para esta esperança no futuro.

Na  carta de Sexta-feira Santa às comunidades em 1883, o nosso Fundador, o Venerável Padre Gailhac lembra-nos que Jesus, ressuscitado do túmulo, queria que todos nós participássemos na glória da ressurreição.

Como reconhecer esta ressurreição espiritual na nossa vida actual?

“Jesus Cristo O nosso modelo em tudo quer ser também para a nossa ressurreição espiritual”: Jesus Cristo foi resplandecente de luz, glória e poder. A alma verdadeiramente ressuscitada deve estar cheia do espírito de Jesus Cristo.

Ressuscitar é ser transformado… a alma ressuscitada é aquela que regulou a sua ascensão no seu coração, e nunca pára no caminho traçado por Jesus Cristo”.

Será que este horizonte nos dá hoje um impulso; um impulso que irradia dentro de nós e para o nosso mundo? O Jesus ressuscitado quis aparecer a 500 testemunhas de cada vez. “De facto, tal como o Pai ressuscita os mortos e os faz vivos, assim também o Filho faz vivo o que Ele quer” Jo 5,21

Na sua 1ª carta de São Paulo a Tess. V 13: “É por isso que continuamente damos graças a Deus que, ao receber a palavra de Deus, que lhe fizemos ouvir, a recebeu,não como a palavra dos homens, mas, como ela realmente é, como a palavra de Deus, que age em vós que acreditais”. ”

Que alegria viver com esta Palavra viva, activa para aqueles que a ouvem no presente. Que horizonte para o cristianismo no nosso mundo, onde a morte e o vazio estão tão presentes!

Aproveito a solidão deste momento para deixar que esta incrível boa notícia ressoe em mim. Cultivemos a esperança para que aqueles que nos rodeiam possam senti-la, abrindo assim uma brecha para o diálogo. “Não ardia todo o nosso coração ao ouvir as palavras das Escrituras?”

Senhor, que a Tua Palavra transforme as nossas mentes e os nossos corpos; conduza-nos a um novo renascimento para que os nossos corações se movam neste tempo pascal. Assim seremos ressuscitados inteiramente em comunhão com o vosso Filho Jesus.

A RESSURREIÇÃO

Abril 9, 2021

GRUPO HERANÇA E ESPIRITUALIDADE Beatrice Magaya, RSHM A ressurreição tem tudo a ver com Deus nos mostrando o significado do…

Veja Mais