RSCM Vivendo o Chamado de Laudato Si

Posted Junho 7, 2021

Reflexão por Edith A. Hart, RSCM

A Área Americana do Leste, a meu ponto de vista, tem contribuído significativamente com os objetivos da Laudato Si!  A liderança da Área apoiou o plano de estabelecer um Jardim Nativo na área onde havia um prédio. Este espaço, conhecido como St. Joseph’s, era uma construção antiga e já sem utilidade, sendo então, demolida. Em 2016 foram desenvolvidos planos para este Jardim Nativo, dedicado a árvores, arbustos, flores nativas para os pássaros, borboletas, abelhas, outros insetos e animais locais. Tornou-se um espaço magnífico, podendo ser desfrutado por toda a vida que há em nossa propriedade aqui em Tarrytown. No último dia 20 de maio, patrocinamos o evento Audubon no jardim. O Diretor do Audubon Saw Mill River, convidou vários dos membros e pudemos identificar 36 espécies de pássaros. As pessoas que participaram do evento ficaram totalmente admiradas com o nosso jardim, já desejosos de outras oportunidades de visita de vez em quando.

 Outra contribuição extraordinária para o nosso ambiente, surgiu da necessidade de alargar a estrada atrás do convento para permitir o fácil acesso de veículos de emergência e apoiar a estrutura da parte de traz da Capela do Convento de Marymount. A estrada foi ampliada duas vezes a sua largura original e foi construído um novo muro de contenção. Isto incluiu um projeto de drenagem necessário, para controlar o escoamento de água de nossa propriedade para os lagos de Tarrytown. Foi preciso remover algumas árvores na área atrás e abaixo do muro existente. Esta mesma área foi reconstruída e 30 árvores nativas grandes foram plantadas, bem como mais de 100 arbustos e outras plantas rasteiras. A casa Pelissier passou por uma decisão muito difícil também de demolição. Esta, originalmente era uma casa de carruagem e estábulo. A construção já estava na propriedade desde meados do século XIX e passou por várias renovações para acolher noviças, postulantes, crianças da escola primária e, mais tarde, uma comunidade para irmãs. A estrutura foi então considerada insegura, sem considerações para reforma. Todo o espaço da casa e o estacionamento em torno, foi cedido ao “espaço verde” e várias novas árvores nativas foram plantadas.

 Assim, COMO AGORA VEJO, sou muito grata ao nosso Conselho de Área por ter tomado decisões tão ponderadas e que nos permitiram viver o apelo da Laudato Si. A remoção destas casas reduziu a necessidade de gás, eletricidade e água. Devolvemos chão à natureza e plantamos árvores nativas e arbustos que vão crescer, prosperar e serão geradores de vida para incontáveis criaturas. Estamos protegendo nossos lagos e o solo em volta deles. Além de tudo isso, temos um belo habitat para as pessoas que vivem aqui no nosso espaço em Tarrytown, onde o amor e os cuidados são prodigiosos; e, ainda somos capazes de estender uma mão generosa em apoio a tantos necessitados. De fato, uma outra casa, conhecida como Rogan Lodge, foi reformada e entregue à Rede LifeWay para ser utilizada como escritórios administrativos. Sem dúvidas, estamos sendo abençoadas “cem vezes mais” ao continuarmos doando de nós mesmas pela Vida do nosso Mundo. Tenho confiança e profunda gratidão por estes dons maravilhosos.

Carta 6

Janeiro 24, 2022

Béziers, 7 de Novembro de 2021  Caro Padre Gailhac O seu aniversário está a chegar, e se eu não me…

Veja Mais

Carta 5

Janeiro 13, 2022

Maputo aos 24 de Junho de 2021 Muito querido Pai Gailhac Eternas saudades, Pai Fundador Hoje decidi escrever-lhe para partilhar…

Veja Mais

Tecer o Ano Novo…

Dezembro 28, 2021

Tecer o Ano Novo… Thérèse-Marie Potelle,rscm Unité France No limiar de um novo ano, muitos pensamentos e perguntas atravessam a…

Veja Mais

Carta 4

Dezembro 25, 2021

Dublin 25 de Dezembro de 2021 Meu caro Padre Gailhac,  Já há muito tempo que tenho intenção de vos escrever. …

Veja Mais

Carta 3

Dezembro 12, 2021

Ubá, 29 de junho de 2021 Meu querido Pe. Gailhac, À medida que vou avançando cronologicamente na VIDA, mais e…

Veja Mais